Pesquisar

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Atualizações de Daria

Oi gente! Queria agradecer os comentários de todos, fico muito feliz em ter ajudado vocês.
E quem chegou tarde e infelizmente se deparou com os links quebrados, peço desculpas, pois não tenho muito tempo para estar atualizado os links assim que acontece algum problema.

Mas como meio que desapareci por algum tempo, agora estou de volta aqui para atualizar os links para vocês. Vou upar primeiro os links do Zippyshare, e assim que possível, também atualizarei os links do MEGA.

Muito obrigada, um abraço!

terça-feira, 26 de julho de 2016

Como Burlar o Limite de Download do Mega

POST ATUALIZADO! NOVO VÍDEO:
Você que sempre tem problemas em baixar Daria pelo MEGA, por motivo desse limite de Banda gratuita que faz você esperar um tempo absurdo. Você pode estar fazendo exatamente como está nesse tutorial que vou deixar aqui, pra estar "passando a perna" nesse limite. Espero estar ajudando! Fica aí esse vídeo do Youtube, feito pelo canal Area Gameplay, que super funciona no meu computador.

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Eu vi um vulto no escuro.
Será viagem?
Um dito?
Um ente desalmado?.
Minha cabeça está criando demônios. Meu corpo se desfazendo em pecado, e não adianta soprar.
Os ruídos, a podridão, o feto, o medo... Tudo sujeira que eu fiz...
Me viro, e o infortúnio se apaga com a luz.
Os deuses querem me deixar insólita.
Eles hão de forrar a lama para o meu corpo se deleitar.

Anna Rodrigues

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

quando penso na califórnia, só penso no pôr do sol

espero

que esse céu vermelho-alaranjado me escolte
porque não sei tirar os olhos da tua silhueta
e eu só queria a califórnia
mas acordo
semana que vem
na próxima terça-feira
e já esqueci.
que qualquer evidência da tua mão
ou do teu bigode
peculiar
suma
mas que a califórnia dure.

yasmin

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Rihanna - Bitch Better Have My Money



Riri pegou pesado no clipe que lançou na madrugada de ontem para hoje.
E ficou do caralho!!

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Daria Whatsapp

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP!

Só mandar uma mensagem para o número (73) 99208017, dizendo que quer participar do grupo da série Daria, e a Sthefany (leitora do blog) irá adicionar todos no grupo. Corre lá galera!

quarta-feira, 17 de junho de 2015

beta

lembra do grunhido no final de karma police? é quando você foi embora. e a próxima faixa é no surprises. mas não tem problema, já se passaram tantos anos. o céu nem é da mesma cor, nem o meu cabelo, nem as paredes. já se passaram tantos anos. e não dividimos a mesma cama, ou a mesma cena. só o mesmo choro. nunca mais ouvi seu choro. sigo meus pés, confusos, que ultimamente andam numa circunferência tão triste em volta de mim mesma. sabe? de passar noites indo e voltando para o mesmo ponto. que às vezes é você. não de forma a querer dirigir até sua porta e meio que recitar aquela letra do odair josé. não. de revisar toda a minha vida porque ela começou com você, e talvez acabe também. hoje não dormi, amanheceu e o sol na minha cara interrompeu um pensamento miserável. que era o seguinte: durante a história, você sabe, a história com h maiúsculo, enésimas vezes pares de pés passaram pelo mesmo constrangimento psicológico que o meu. esse, de não sair do lugar. depois consertaram o infortúnio com uma invenção excepcional. o relógio, o telescópio, o vapt vupt. pois é, ainda não mirabolei nenhuma recompensa por estar presa nesse intervalo recreativo que não muda. quiçá eu invente finalmente a máquina do tempo e possa voltar para te contar todas as coisas que descobri depois que nunca mais te vi: saturno jamais vai tocar plutão, eu ainda amo seus óculos quadrados e ok computer não é o melhor álbum do radiohead.

yasmin

estratosfera surda

certa vez vi um filme que falava sobre o barulho urbano se aglomerando numa sintonia estranha
que parece música
depois li um livro que citava uma determinada música
não me lembro o nome
e essa música era puro silêncio
não sei, uns 9 minutos de silêncio, onde você encaixava os sons do seu redor
o assovio pro táxi
o escarro
o metrô saindo
a água explodindo o hidrante
a sirene
o trânsito
o choro
a cigarra
os passos
o tiro
o brinde
o tombo na escada
a sacola no vento
o vento
juntos numa nota, ou várias
não entendo nada de arranjos, mas esses caras entenderam
todos os ruídos desconexos da rua são, por determinação de alguém, uma maldita música
que toca sem pausa
e a minha cabeça é uma desgraça
um túnel de lata
não faz um instante de silêncio
eu nem sequer sei mais distinguir a minha voz do seu grito, o seu gemido da tv, a manifestação do tiroteio
deve ser realmente como disseram, a gente é só sonoridade
uma porcaria sonora se aglomerando numa sintonia estranha
que parece música
mas não é

yasmin